Facebook
Twitter
Youtube
Flickr

Notícias

Coronavírus: Município de Itajaí recomenda uso de máscaras para toda a população

Medida de proteção deve ser observada principalmente em espaços públicos com grande circulação de pessoas
Data de inclusão: 09/04/2020 19:40

O Município de Itajaí, por meio do Decreto nº 11.883/2020, recomenda à população da cidade o uso massivo de máscaras de proteção, principalmente quando houver necessidade de interrupção provisória do isolamento social, como o deslocamento ou permanência em espaços públicos ou privados com grande circulação de pessoas. As máscaras poderão ser feitas de tecido, desde que sigam as orientações de confecção normatizadas pelo Ministério da Saúde e pela Secretaria de Estado da Saúde.

Segundo a orientação do decreto municipal, as máscaras domésticas devem ser exclusivamente de uso pessoal e não devem ser compartilhadas. A recomendação para o uso dessas máscaras se aplica a todas as situações que requeiram proteção individual ou coletiva, como, por exemplo, no acesso aos estabelecimentos comerciais, no desempenho de atividades profissionais ou na utilização de táxi ou transporte compartilhado de passageiros.

Vale ressaltar que o uso de máscaras artesanais (veja como fazer, abaixo) não elimina a observância das demais recomendações preventivas expedidas pelas autoridades públicas em virtude da pandemia de coronavírus (COVID-19), tais como o isolamento social, a etiqueta da tosse e a higienização das mãos. Chamadas de medidas não farmacológicas, esses cuidados incluem, ainda, o uso de solução alcoólica 70% em gel e a limpeza e ventilação dos ambientes.

“Diante dessa situação de emergência de saúde, estamos recomendando para toda a nossa população o uso de máscaras de tecido, que poderão ser produzidas de forma artesanal pelas próprias famílias, em suas residências. Temos orientado que sempre que a pessoa precisar sair de casa, não saia sem sua máscara. Não estamos obrigando, mas queremos que os itajaienses tenham essa consciência que é mais uma forma de proteção individual e coletiva”, destaca o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni.

O Município de Itajaí também informa que vai distribuir gratuitamente máscaras de proteção às pessoas em vulnerabilidade social, cadastradas junto à Secretaria Municipal de Assistência Social. “Temos recebido várias doações dessas máscaras artesanais feitas por várias empresas da nossa cidade, por isso, na medida que tivermos em estoque, vamos distribuir para essas famílias de baixa renda”, acrescenta o prefeito Volnei Morastoni.

Já as máscaras cirúrgicas passarão a ter sua utilização priorizada a profissionais de saúde que prestam assistência aos pacientes confirmados com COVID-19, além de outras situações recomendadas pelo Ministério da Saúde ou pela Secretaria de Estado da Saúde, sendo vedada, nestes casos, a utilização de máscaras artesanais.

Confecção e cuidados no uso
Segundo portaria normativa do Ministério da Saúde (nº 03/2020) e da Secretaria Estadual de Saúde (nº 224/2020), as máscaras domésticas devem ser feitas de tecido de algodão (preferencialmente 100% algodão), com mais de uma camada, ou tecido do tipo TNT, sendo, neste caso, com três camadas. Também podem ser confeccionadas com tecido tricoline ou cotton (55% poliéster e 45% algodão). Camisetas ou fronhas de algodão, por exemplo, também poderão ser utilizadas.

O importante é que a máscara artesanal seja feita nas medidas corretas de modo a cobrir toda a boca e o nariz, de maneira que a mesma fique bem ajustada a face, sem deixar espaço nas laterais. Será necessário, também, um elástico ou outro tecido que servirá de amarras, nas extremidades.

Ao colocar a máscara na face, as mãos precisam estar previamente higienizadas, evitando o contato direto na face como um todo. E, caso precise ajustá-la durante o uso, faça-a pelas laterais e sempre com a mão higienizada. A máscara doméstica deve ser utilizada por um período curto – inferior a duas horas. Caso fique úmida, deve ser substituída.

Para retirar, também higienize previamente as mãos e não toque na parte da frente da máscara. Retire-a pelas laterais, de forma a evitar qualquer contato direto das mãos com o rosto, especialmente na região dos olhos.

Limpeza
Caso não seja possível proceder com a desinfecção imediata da máscara, deve-se colocá-la num saco plástico ou de papel, bem fechado, e só abrir quando puder proceder com esta desinfecção. Também não é recomendado deixar a máscara sobre mesas ou balcões, pois isso facilita a contaminação de todo o ambiente.

As máscaras de tecido devem ser lavadas por 15 minutos em solução de hipoclorito de sódio 0,1% (50 ml de água sanitária a até 2,5% para cada litro de água). Após esse período, deve-se proceder com o enxágue em água limpa, colocando a mesma para secar.

Imagens relacionadas

Coronavírus: Município de Itajaí recomenda uso de máscaras para toda a população
Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
Todos os direitos reservados © 2020 - Município de Itajaí