Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
23,39 ° C

Notícias

Retomada da Linha Ásia deve elevar movimento do Porto de Itajaí em 20%

O volume de contêineres pode chegar a 4 mil unidades a partir de abril do ano que vem, segundo estatística divulgada pela Autoridade Portuária
Data de inclusão: 10/07/2017 11:31
O movimento de contêineres no porto de Itajaí deve crescer cerca de 20% com a retomada das operações da Linha Ásia no cais operado pela APM Terminals. O volume pode chegar a 4 mil unidades a partir de abril do ano que vem, segundo estatística divulgada pela Autoridade Portuária. A linha de serviço estará em atividade na margem direita do porto público com 13 navios porta-contêineres dos armadores Hapag Lloyd, NYK, Hamburg Sud, ZIM, UASC e HMM. As rotas passam pela Costa Leste da América do Sul, Malásia, Singapura, China e Coréia do Sul. Os serviços haviam sido paralisados há cerca de dois anos. A primeira atracação está prevista para o dia 9 de setembro.
 
A volta da Linha Ásia marca o novo momento do Porto de Itajaí, que amanhã (11) retoma as obras dos berços 3 e 4, melhorando sua infraestrutura e inserção na econômica brasileira. “A volta de linha Ásia é extremamente importante neste processo de retomada do crescimento do Porto de Itajaí. Serão 13 navios entrando e saindo de nosso terminal, mais contêineres, mais produtos e mais recursos para a nossa cidade”, comemora o Prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni.
 
A parceria com a APM Terminals também é considerada importante, tendo em vista o relacionamento comercial realizado não apenas para a volta da linha, mas com armadores de todo mundo. "A APM Terminals Itajaí é um terminal altamente competitivo, eficiente nas operações de cais e com um elevado nível de satisfação dos clientes importadores e exportadores. Oferecemos soluções logísticas de alto valor agregado tanto para armadores, quanto para usuários", destacou Ricardo Arten, Diretor Superintendente da APM Terminals no Brasil.
 
A expectativa é de que a retomada da linha e os investimentos em infraestrutura no porto tenham impacto significativo também na economia da cidade, elevando inclusive a movimentação econômica pela geração de oportunidades em terminais retroportuários e empresas transportadoras e pelo incremento das receitas públicas, segundo análise do superintendente do Porto de Itajaí, Marcelo Werner Salles. “Isso é fundamental para o trabalhador portuário avulso, para os transportadores, para os terminais retro portuários e até incremento da atividade econômica do município, pois o ISS que isso gerará ficará aqui fomentando acréscimo de receita para a nossa cidade”, complementou. Segundo ele, a operação da nova linha se tornará semanal a partir da conclusão da primeira fase das obras da bacia de evolução, em abril do ano que vem.
 
Informações adicionais:
Porto de Itajaí
Luciano Sens (Assessor de Comunicação)
(47) 3341-8067

Imagens relacionadas

Retomada da Linha Ásia deve elevar movimento do Porto de Itajaí em 20%
Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
Todos os direitos reservados © 2017 - Município de Itajaí