Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
11,67 ° C

Notícias

Semasa orienta como proceder em caso de furtos de hidrômetros

Caso foi registrado durante a manhã do dia 14
Data de inclusão: 20/04/2017 18:39

Desde a última quinta-feira (13/04), o Semasa registrou aproximadamente 40 casos de furtos de hidrômetros em diversos bairros da cidade. Os números podem ser ainda maiores, considerando casas onde não há moradores, ou que existem inquilinos, que podem não ter percebido o furto do equipamento.

O Semasa deve encaminhar, até a próxima segunda-feira (24), uma notícia crime para a Polícia Civil. No documento, serão juntados todos os elementos desses casos de furtos, como boletins de ocorrência e imagens, para que possa ser iniciada a investigação.

A autarquia já tem mapeado todos os bairros onde foram registrados o crime. A recomendação é que os clientes apresentem o boletim de ocorrência no Semasa, sendo muito importante que no BO conste o número da matrícula do imóvel. Este dado pode ser retirado da própria fatura de água. O prazo para os clientes apresentarem o boletim de ocorrência é sempre de até 24h após o furto. Como dessa vez foi uma situação atípica, o Semasa optou por prorrogar o prazo para até a próxima quarta-feira (26/04). 

“O proprietário que apresentar o boletim de ocorrência terá o seu hidrômetro reinstalado sem custo algum. Caso não seja apresentado o documento, a pessoa terá que desembolsar o valor de R$ 222,88, para reinstalação do hidrômetro”, esclarece Larissa Cascaes, gerente de Atendimento do Semasa

“Há alguns anos tivemos uma onda de furto semelhante a essa registrada agora. Na época, a polícia conseguiu flagrar um ferro-velho com cinco hidrômetros do Semasa. Vale salientar que cada hidrômetro tem um número de identificação, correspondente à matrícula do imóvel e o estabelecimento que estiver em posse desses equipamentos, poderá responder por receptação de material furtado”, enfatiza o Diretor Geral da autarquia, Marcelo Sodré.

No mercado, um quilo do material é vendido por cinco reais. “Ainda estamos identificando o porquê desses furtos: vandalismo ou venda para ferros-velhos, mas, infelizmente acreditamos que o objetivo final desses furtos seja para compra de drogas", avalia Sodré.

Como medida para prevenir futuros furtos, o Semasa está analisando uma forma de padronizar os hidrômetros, com caixas de proteção.

_______________________
Informações adicionais:
Semasa
Luciana Leão (Assessoria de Comunicação)
(47) 3344-9004

Imagens relacionadas

Semasa orienta como proceder em caso de furtos de hidrômetros
Semasa orienta como proceder em caso de furtos de hidrômetros
Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
Todos os direitos reservados © 2017 - Município de Itajaí